As meninas e as bonecas: Os benefícios de um dos brinquedos mais antigos da história

Publicado: 18/07/2018


Por Ana Paula Bretschneider

Você provavelmente brincou de bonecas, assim como a sua mãe e a sua avó. Se você é mãe de uma menina, é possível que tenha uma coleção em casa, que envolve bonecas de pano, plástico e as Barbies mais modernas.

As bonecas têm acompanhado as crianças por muitas gerações e até hoje são consideradas como brinquedos que produzem estímulo, trabalham a sensibilidade e a expressão dos sentimentos para os pequenos, que ainda estão descobrindo o mundo e desenvolvendo suas capacidades mentais e físicas.

Os tempos modernos não tiraram as bonecas das meninas e este dia pode estar longe de chegar. Porém, a mudança que os especialistas preveem é na condição das bonecas como brinquedos exclusivos do universo feminino. Cada vez mais, fica claro que os garotos têm muito a ganhar com este tipo de brinquedo, assim como as meninas podem se desenvolver melhor ao entrar no mundo dos carrinhos, das construções, aventuras e super-heróis.

Mas quando o assunto é bonecas, ainda há pais e mães com receio de deixar os meninos brincarem, além das preocupações sobre até que ponto este brinquedo de fato é útil para as meninas. As bonecas devem fazer parte da vida dos seus filhos, mas é importante tomar alguns cuidados para que as crianças possam absorver apenas as coisas boas relacionadas ao faz-de-conta de ser mãe ou pai ou as simulações da vida adulta, através de bonecas modernas.

A BONECA CERTA:

O universo das bonecas é vasto e vai desde os modelos de pano e artesanais até as bonecas modernas, que simulam adultos. Muitos especialistas recomendam que as crianças brinquem mais com os modelos artesanais ou bonecas que inspirem a inocência dentro da própria criança.

Os modelos muito modernos, que levam maquiagem e roupas da moda, podem influenciar as meninas a embarcar precocemente em um mundo adulto, despertando um interesse por maquiagem, salto alto e estilo de roupas mais comum para mulheres adultas.

Isto não significa que a boneca deve apenas se parecer com um bebê. Invista em novos visuais e permita que elas se pareçam mais com suas donas (ou donos). Uniformes escolares e vestidos infantis, por exemplo, podem ajudar a fortalecer a afinidade da criança com o brinquedo.

CONFECÇÃO:

Além de presentar os seus filhos com bonecas, que tal deixar que eles expressem a criatividade criando os próprios brinquedos? Confeccionar bonecas pode ser uma atividade interessante, principalmente se for feita em família e o resultado disto é a criação de brinquedos com um toque de amor, que deixa as crianças ainda mais contentes com o que possuem.

É possível confeccionar bonecas com sobras de tecido, fronhas ou camisas velhas. Basta fazer o desenho da boneca (frente e costas) e recortar com pelo menos 1,5 cm a mais do que foi desenhado. Depois, basta colocar o enchimento desejado, costurar as bordas (uma tarefa para os adultos) e desenhar os detalhes da boneca. Ajude os seus filhos nesta missão e veja como cuidar de algo feito por eles mesmos pode ensiná-los a dar valor e a ter orgulho daquilo que produzem.

Voltar